VOLTAR PARA O SITE >>>

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

O mundo pelo avesso

Dizia-me recentemente um amigo: “Estão virando o mundo pelo avesso!” E a impressão que se tem ao abrir os jornais, ligar o rádio ou a televisão, correr os olhos por uma vitrina de livraria ou dar uma volta pelas ruas é precisamente essa. Alguém enfiou a mão no fundo e puxou o avesso do mundo. Todos os princípios morais estão sendo atirados no lixo. Matar, violar, achincalhar, agredir e desrespeitar são as novas palavras de ordem. E tudo isso por que?

Há um século o Espiritismo proclamou a existência de uma lei de evolução dos mundos e demonstrou que o nosso mundo, o planetinha humilde em que viajamos no espaço, está passando por uma nova etapa de sua evolução. Quem conhece um pouco de geologia sabe que já fomos um mundo primitivo, sem vida. Quem conhece um pouco de história e de Antropologia sabe que já fomos uma humanidade animalesca, selvagem, evoluindo para as civilizações agrárias e avançando depois, lenta e penosamente, até os nossos dias. E quem enxergar um palmo adiante do nariz está vendo que damos agora um salto para uma nova civilização.

É fácil compreender que esse salto coletivo exige enorme es-forço. O mundo contrai os seus músculos, a humanidade se atira no vácuo. A visão de futuro fascina, deslumbra os que a podem compreender, mas também aturde e desorienta os que apenas conseguem vislumbrá-la. Todos sabemos que temos de mudar, de passar de um sistema de vida para outro, de reformar as nossas idéias, mas nem todos compreendemos o que é isso. A maioria das criaturas está procedendo como ratos de navio na hora do naufrágio. É a hora do “vale tudo”.

Ninguém se engane, porém, diante do tumulto do mundo. Não caminhamos para a confusão, para a anarquia, para a bader-na, mas para um mundo melhor. Os que lutam pelo bem e pela ordem, pela preservação dos grandes princípios morais que dignificam a vida humana, pela cultura e a beleza, pela bondade e a fraternidade, acabarão vencendo. “Os pacíficos herdarão a Terra”, como ensinou Jesus. Os baderneiros serão simplesmente transferidos para mundos inferiores, pela ação compulsória da morte. Contra ela não há recursos; nem transplantes nem pílulas milagrosas podem valer. O mundo se renova pela sucessão das gerações.

Quantas civilizações desapareceram da Terra? Mais de vinte! Quantas instituições milenares foram reduzidas a pó? Milhares! Tudo passa e a vida continua triunfante o seu curso evolutivo. O Espiritismo nos ensina que esta hora do mundo é como a das trevas que precedem o alvorecer. Mas é preciso estudá-lo para bem compreender o que se passa. Uma leitura atenta de O Evangelho Segundo o Espiritismo e um estudo sério de O Livro dos Espíritos nos deixarão tranqüilos nesta hora de agitações, de guerras e rumores de guerras.

 -----------------

Nota: Herculano é um dos
autores que mais gostamos,
suas obras são de leitura obrigatória,
em nosso entendimento,
por isso reiniciamos nosso Blog
com um texto deste grande
baluarte do Espiritismo no Brasil.

domingo, 7 de outubro de 2012

As idéias estão voltando...

Estamos reinaugurando nosso blog.

Por vezes é difícil fazer com que tudo funcione plenamente.

Faltam mãos, por vezes faltam cabeças... em outras falta tempo.

Mas a tempo estamos cá novamente.

O intuito desta página é expor idéias, conceitos, possibilidades.

E idéias são o que não falta.

Devagar vamos trazendo elas para cá.

Fique conectado!